IRIV, Paris

dr Bénédicte Halba

Bénédicte Halba é doutorada em Economia (Universidade de Paris I Panthéon Sorbonne, 1996). Em 1997 criou o IRIV – Instituto da Investigação Especializada na Aprendizagem Não Formal e Informal. A diversidade tornou-se um tema-chave do IRIV desde o 2013. É autora e coautora de vários livros desde 1995, editou as 5 publicações do IRIV juntamente com a revisão eletrónica semestral desde o 2004. Já participou, iniciou e dirigiu mais de 50 projetos europeus ou nacionais desde 1997.

Camilla Bistrussu

Camilla Bistrussu possui um Mestrado em Psicologia Organizacional: Recursos Humanos, Marketing e Comunicação, da Università Cattolica del Sacro Cuore de Milão (Itália). Em 2019, realizou um estágio em Recursos Humanos. No IRIV está envolvida em diferentes projetos europeus, que abordam a questão da diversidade (professores, alunos, contextos).

Gizem Dere

Gizem Dere, tem um mestrado em Relações étnicas e migrações (Master 2, University Paris Diderot University, 2019) e outro em Sociologia pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (EHESS, 2018). A sua dissertação consistiu em estudar a integração de jovens de origem turca em França. Tem também uma licenciatura em Ciência Política da Universidade de Galatasaray (Istanbul, Turquia, 2016). Previamente realizou um voluntariado europeu (European Voluntary Service) durante um ano em Tours (França). No IRIV, a Gizem colabora em projetos sobre migração e juventude. No âmbito do GRIT tem sido responsável por um conjunto de testes no Collège Denis Diderot (Massy, Junho, 2019).

Yazin Gunay

Yazin Gunay tem um mestrado em Relações étnicas e migrações (Master 2, University Paris Diderot University, 2019). A sua dissertação focou-se na comunidade turca em Paris. De origem turca, tem uma licenciatura em Ciência Política da Universidade de Galatasaray (Istanbul, Turquia, 2016. Fez um ano de Erasmus em Paris 1 (2015). Fez um estágio na Nações Unidas (United Nations Developemnt Program) em Istanbul (2018). No IRIV, o Yazin participa em projetos sobre migração e juventude. No GRIT contribuiu para o desenvolvimento de ferramentas testando-as no Collège Denis Diderot (Massy, Junho 2019) com alunos.